Como separar despesas pessoais das contas da empresa

Como separar despesas pessoais das contas da empresa

Misturar as finanças pessoais com as empresariais pode ser prejudicial para o seu negócio. Pequenos negócios, principalmente microempreendedores individuais, estão mais propensos a não separar as despesas. Neste artigo vamos postar algumas dicas e orientações básicas para lhe ajudar na organização financeira.

1 – Tenha um sistema de fluxo de caixa

Independente do tamanho do seu negócio e o faturamento, é indispensável que tenha um sistema de fluxo de caixa para registrar todos os pagamentos recebidos e realizados, pendências financeiras e clientes inadimplentes. Isso pode ser feito através de uma planilha simples ou por meio de softwares de gestão.

2 – Tenha contas bancárias separadas

É importante que você tenha uma conta bancária para a empresa e uma conta bancária pessoal.

Até mesmo se você não tem CNPJ pode fazer a separação das contas. Para isso, abra duas contas pessoa física e use uma para suas finanças pessoais e uma para as finanças empresariais.

Atualmente você encontra boas opções de bancos digitais, onde é possível abrir conta sem cobrança de taxas mensais.

3 – Determine um valor para o seu salário

Um desafio comum para a maioria dos pequenos empresários é saber quanto devem retirar por mês. Se todo lucro vai parar no bolso do dono, a empresa fica sem investimentos. O pró-labore deve ser o salário do empresário.

Faça uma análise dos rendimentos da empresa para determinar quanto pode ser retirado mensalmente. Um ponto de atenção ao fazer isso, é lembrar de que é necessário manter um capital de giro e permitir a realização de novos investimentos no negócio. 

Fazendo isso, sua retirada fará parte do orçamento empresarial e ficará mais fácil planejar os seus gastos pessoais com base no seu salário.

4 – Busque ajuda/invista em conhecimento

Ter um bom contabilista, trabalhar com bancos que lhe ajudam a crescer, fazer cursos para conhecer seu negócio, são alguns pontos que lhe ajudam a gerenciar bem o seu negócio.

Comprar um software de gestão de fluxo de caixa ajuda bastante a montar as planilhas, registrar entradas e saídas e deixar seu negócio organizado.

Nós possuímos um software personalizado para cada segmento do mercado e uma versão especial para MEI.
Entre em contato conosco e comece hoje mesmo a colocar em prática as dicas acima.

 


RELACIONADOS

Leia também